Radicais Livres e Antioxidantes – Você Sabia?

O que são os radicais livres

Nas milhares de reações químicas que ocorrem diariamente no nosso corpo, átomos que perdem elétrons ficam “procurando” outro elétron para se emparelhar. Nesse estágio de “procura”, eles recebem esse nome: radicais Livres, que são moléculas instáveis e, por isso, altamente relativas.

Não existiria vida sem os radicais livres, pois o simples ato de respirar já os gera. A formação de radicais livres, derivados do oxigênio em vários processos metabólicos, exerce um importante papel no funcionamento do corpo humano (eles são responsáveis, por exemplo, pelo transporte de elétrons na cadeia respiratória).

Nosso corpo consegue trabalhar bem com eles, até certo ponto. Quando passa desse ponto, acontece o stress oxidativo – um dos processos envolvidos no envelhecimento, e que pode gerar danos em órgãos variados do corpo. Além disso, o stress oxidativo é a causa subjacente de quase todas as doenças degenerativas crônicas.

Os efeitos deletérios dos radicais livres ocorrem quando há um excesso na sua produção ou uma queda dos agentes ditos antioxidantes. O bombardeamento excessivo por essas moléculas danifica o DNA celular.

O que favorece a formação de radicais livres

Metais pesados, álcool, radiação solar, stress, anemia, doença de Parkinson, fumo, resíduos de pesticidas e alimentação ruim, com pouca ingestão de frutas, consumo excessivo de gorduras saturadas/trans, frituras, embutidos e produtos industrializados, favorecem a formação de radicais livres.

No nosso corpo, temos antioxidantes naturais, que precisam de minerais como zinco, magnésio, manganês e cobre para funcionarem:

1) Superóxido Dismutase

2) Catalase

3) Glutationa Peroxidase

Radicais Livres e Alimentação

Uma alimentação deficiente trará déficit nos antioxidantes naturais, propiciando acúmulo de radicais livres.

Estima-se que cerca de 10.000 vezes ao dia, nossas células são bombardeadas pelos radicais livres, os quais alteram as membranas celulares e envelhecem a célula atacada.

Também, a dieta pode nos ajudar. São alimentos ricos em antioxidantes: frutas como laranja, limão, uva e acerola, ovos, fígado, espinafre, ostras, peixes, abacate, couve-flor, castanhas do pará, amêndoas, lentilha e grão de bico.

texto por @drmarcialgervasio

Radicais Livres e Antioxidantes – Você Sabia?
5 (100%) 354 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *