Musculação do Futuro: Promete Milagres em Menos de um Mês

No dia 24/11/2014, a Revista Marie Claire publicou um artigo sobre uma nova sensação do verão: um método revolucionário, que promete te fazer emagrecer quase sem esforço. Pois é: verão chegando, e essas promessas milagrosas começam a aparecer e a se multiplicar  como uma epidemia!

O novo método que se auto-entitula de “musculação do futuro”, de nada tem a ver com musculação, e promete milagres de emagrecimento em poucos dias.

E literalmente é uma epidemia:

Até a data de hoje, essa matéria já foi compartilhada mais de 4.800 vezes pelos leitores, só no Facebook.

As pessoas insistem em buscar métodos milagrosos para emagrecer, e se esquecem que depois que terminarem de pagar a bagatela de R$ 2.100,00 referentes à uma consulta + 6 sessões, que é o mínimo indicado para ver resultados, elas precisam manter o que conseguiram alcançar – isso porque nem estamos falando ainda sobre a qualidade desse emagrecimento, se foi perda de gordura realmente, ou se foi perda de água e massa magra.

No quê esse método implica:

– Um aparelho de ultrassom é usado antes da sessão, e você passa por uma sessão de ultracavitação. Nesse momento, é afirmado que suas células de gordura inflam e explodem! Oi? Conte-me mais sobre o processo fisiológico que faz isso ocorrer realmente!

– Seguindo em frente: são colocados conectores em sua pele, que irão, segundo os criadores do método, potencializar o exercício que você estiver fazendo gerando contrações.

O que é isso, minha gente?! Voltamos para os anos 90 quando se acreditava que levar choquinho era bom para definir o músculo?!

Musculação do Futuro

– Daíííí, o próximo passo é ficar em cima de uma plataforma vibratória por 30 minutos, levando o choquinho e esperando pelo milagre.

O mais legal, é que eles falam assim:

  • “o exercício aliado à ação dos sensores equivale a 2 mil agachamentos”.E desde quando são necessários 2 mil agachamentos para bons resultados?
  • Segundo o médico que desenvolveu a técnica, a combinação do ultracavitação + os eletrodos faz a carga ‘aumentar’ em até cinco vezes (ou seja, um levantamento de 10 kg tem efeito de 50 kg). 

Sendo assim, juntando a primeira afirmação com a segunda, quer dizer então que você passar 30 minutos nessa plataforma vibratória será o equivalente à 2 mil agachamentos com 50 quilos?! Meu Deus! Acho que nem o tio Arnold consegue hein…

Agora, vem o pulo do gato: a dieta que eles propõem.

Eles fazem você ficar sem carboidrato nenhum por 15 (isso mesmo quinze!) dias, para só depois incluir vegetais por mais uma semana, e lá na quarta semana incluir os carboidratos – sem glúten hein!!!

Esse detalhe é muito importante, porque agora o glúten virou o culpado de tudo. Não que o glúten não tenha seus efeitos negativos no organismo, mas agora virou moda culpá-lo da obesidade do mundo, quando sabemos que há outros fatores envolvidos.

Ao final dos 30 dias, a repórter que testou o método diz ter emagrecido 2kg de gordura, mas mostra na verdade que foi seu peso total que decresceu 2 kg, indo de 55,8 kg para 53,6 kg.

Ou seja: ela não sabe que perder peso não é a mesma coisa que emagrecer!

Muita gente ainda confunde isso, aliás.

Ainda, ela relata ter ficado 5 dias sem ir ao banheiro – que tipo de dieta é essa que acaba com sua saúde (e flora) intestinal e regularidade?

Vocês acham mesmo que a repórter emagreceu 2kg de gordura? Ou foi um emagrecimento pobre em qualidade e em saúde, que muito provavelmente levou à perda de massa magra e líquidos, acabando com sua flora intestinal?

Guto Galamba, personal trainer, vive batendo nessa tecla:

Emagrecer e perder peso são duas coisas diferentes!

Ele ainda diz:

Todas as estratégias que prometem um emagrecimento rápido e sem muito esforço foram criadas por pessoas aproveitadoras para pessoas preguiçosas.

E ainda vou mais longe: todas são advindas do não entendimento da relação existente entre perder peso e emagrecer. Emagrecer e perder peso não é a mesma coisa

Você pode :

Perder Peso e Emagrecer,

Manter o Peso e Emagrecer,

Aumentar de Peso e Emagrecer e,

a pior delas, Perder Peso e Engordar.

Peso é parâmetro para leve ou pesado, não para gordo ou magro.

Esqueçam a balança, procurem um profissional capacitado para fazer uma avaliação física e, o mais importante, quando for reavaliar, tenha a ciência de que faz-se fundamental que ela seja feita usando o mesmo protocolo, o mesmo meio (dobras, bioimpedância…) e com o mesmo avaliador.

Se uma dessas variáveis for alterada seu resultado também poderá ser!

Eu sei que não é fácil se desprender de algo que está fincado tão profundamente nas nossas mentes, mas aí vocês têm duas opções:

1) Mudar sua mente e consequentemente seu corpo.

2) Não mudar sua mente e continuar com seu corpo como está!

E aí, o que vai ser? Quer Perder Peso ou Emagrecer?

 

Musculação do Futuro: Promete Milagres em Menos de um Mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *