Você comete esse erro bobo em seu treino de Hipertrofia?

Neste breve artigo, Dr. Marcial Gervásio e Chef Ton Ton explicam de forma simples e direta, porquê você pode estar cometendo um erro bobo sem saber, e que está prejudicando seus resultados de hipertrofia.

Após um dia de treino pesado, ou sempre quando há uma mudança de treino, costumamos ficar com as conhecidas dores musculares tardias. É aquela dorzinha chata que fica no músculo treinado um ou dois dias – ou até mais – após o dia de treino, e faz a gente andar igual ao RoboCop.

Hipertrofia nada mais é do que o processo de inflamação das fibras musculares. 

Você comete esse erro emseu treino de Hipertrofia?Muitos praticantes de musculação costumam tomar remédios para aliviar as dores. Porém, isto não é o mais indicado. 

Para que haja um aumento de massa muscular, é necessário que ocorram micro-lesões na musculatura, e ao acontecer isso, gera-se um processo inflamatório, essencial para que haja a hipertrofia.

Existem enzimas em nosso corpo, responsáveis por produzir sinais químicos, que irão controlar processos de inflamação em nosso corpo.

A cox-2, ou ciclo-oxigenase-2, é uma enzima responsável pelos fenômenos da inflamação e produção das prostaglandinas.

As prostaglandinas são sinais químicos que controlam processos da inflamação, o fluxo de sangue e a formação de coágulos. São subprodutos resultantes da oxidação do ácido araquidônico pela enzima COX, e têm sua função aumentada após sessão de exercícios resistidos.

Sendo assim, o consumo de substâncias anti-inflamatórias (como o paracetamol ou o ibuprofeno, por exemplo) diminuem sua função no organismo.

A via da cox-2 regula o crescimento muscular de várias formas.

O estudo de Bonderson, Brenda A. et al (American Journal of Physiology, June 2006) examinou o envolvimento da via da cox-2 na regulação do crescimento de miofibras de músculos atrofiados, e sugere que a atividade da cox-2 é importante para o crescimento de células musculares em várias condições fisiológicas.

A expressão da cox-2 endógena no músculo, na ausência de inflamação, mostrou-se suficiente para modular o crescimento muscular.

Fatores que regulam a síntese e/ou degradação de proteínas desempenham um papel crítico no crescimento de células musculares. Além disso, o estudo sugere que a administração de inibidores da cox-2 pode ser prejudicial para a recuperação muscular após a atrofia.

Vários estudos têm implicado as prostaglandinas na regulação da síntese e degradação de proteínas no músculo.

Ao fazermos uso de antiinflamatórios, estamos inibindo a ação dessas enzimas e sinais químicos essenciais para a hipertrofia. Os anti-inflamatórios agem exatamente bloqueando as prostaglandinas para aliviar os sintomas da inflamação (inclusive a dor).

Os anti-inflamatórios estão entre os medicamentos mais vendidos no mundo.

Praticantes de atividade física e atletas são exemplos de população que usam estes fármacos muitas vezes indiscriminadamente, na intenção de extinguirem os desconfortos da dor.

O ibuprofeno, por exemplo, um inibidor não seletivo tanto de cox-1 quanto cox-2, e diminui a síntese proteica no músculo pós-exercício, através da diminuição dos níveis de prostaglandina do subtipo PGF2 alfa.

O ibuprofeno é pertencente ao grupo dos anti-inflamatórios não esteroides. Esse medicamento tem propriedades analgésicas e antipiréticas, por isso é utilizado para dor de cabeça, dor de dente, febre e dores musculares.

Você comete esse erro emseu treino de Hipertrofia?

Resumo

Em resumo, a via da cox-2 regula o crescimento muscular em resposta à vários estímulos fisiológicos e em músculos fenotipicamente distintos, implicando a cox-2 e os derivados da prostaglandina como reguladores do crescimento de células musculares.

No caso de dores musculares pós-treino, a menos que seja uma lesão não proporcionada pelo processo de hipertrofia, o uso de anti-inflamatórios não é recomendado, e por isso, a frase mais falada no meio de praticantes de treino com peso – “NO PAIN NO GAIN” – tem lá o seu fundamento.

Portanto, se você faz uso desta medicação sem prescrição médica, é necessário que esteja ciente em primeiro lugar dos efeitos adversos inerentes do medicamento mas, sobretudo, que tenha ciência de que seu processo de hipertrofia pode estar sendo prejudicado.

Se você tem um amigo ou alguém que faz uso de anti-inflamatórios para acabar com aquela dorzinha pós-treino, compartilhe esse artigo com ele através dos botões logo abaixo, pelo Facebook, Whatsapp,Twitter ou email.

Se ele se preocupa com os resultados do treino, certamente vai te agradecer!

texto por @cheftonton e @drmarcialgervasio

Você comete esse erro bobo em seu treino de Hipertrofia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *